Citação

VOLEIBOL

 

REGRAS OFICIAIS DE VOLEIBOL

Instalações e equipamentos

A Quadra:

A quadra de jogo é um retângulo medindo 18m x 9m, circundada por uma zona livre com, no mínimo, 3m de largura e no mínimo, 7m de altura, a partir do solo. Nas Competições Mundiais e Oficiais da FIVB, a zona livre deve ser de, no mínimo, 5m a partir das linhas laterais e de 8m a partir das linhas de fundo. O espaço livre de qualquer obstáculo, medido da superfície da quadra, deve ser de, pelo menos, 12,5m de altura. . Nas Competições Mundiais e Oficiais da FIVB, exige-se que as linhas demarcatórias sejam brancas. Todas as linhas têm uma largura de 5cm.

 

As Linhas:.

Duas linhas laterais e duas linhas de fundo delimitam a quadra. As linhas de fundo e laterais estão inseridas na dimensão da quadra de jogo.

A linha central divide a quadra de jogo em duas quadras de medidas iguais, tendo, cada uma, 9m x 9m.

Linha de Ataque Em cada quadra, uma linha de ataque é colocada, a 3m do eixo da linha central, determinando a zona de ataque. Nas Competições Mundiais e Oficiais da FIVB, a linha de ataque é prolongada em ambos os lados da quadra, pela adição de 5 pequenas linhas de 15cm de comprimento por 5cm de largura e com 20cm de afastamento entre cada uma, perfazendo um total de 1.75m de extensão.

 

Rede:

         Uma rede é instalada verticalmente sobre o eixo da linha central. A altura da rede deve ser de 2,43m para as equipes masculinas e de 2,24m para as equipes femininas. A rede mede 1m de largura por 9,50m a 10m de comprimento. Na parte superior há uma faixa horizontal branca, de 7cm de largura. Duas faixas brancas são colocadas verticalmente na rede, diretamente acima de cada linha lateral.

 

Antenas:

         A antena é uma vara flexível medindo 1,80m de comprimento e 10mm de diâmetro. As antenas são fixadas na parte externa das faixas laterais, em cada lado da rede. A parte superior das antenas estende-se 80cm acima do bordo superior da rede. As antenas são pintadas em faixas medindo 10cm de largura, em cores contrastantes, preferivelmente vermelha e branca. São consideradas como parte integrante da rede e delimitam lateralmente o espaço de cruzamento acima da rede.

 

Postes:

            Os postes que sustentam a rede devem estar a uma distância de 0,50m a 1 m de cada linha lateral. Eles devem ter uma altura de 2,55m.

 

Bola:

            A bola deverá ter uma circunferência deve ser de 65 cm a 67 cm e o peso de 260g a 280g.

 

Para vencer um jogo:

Para vencer um jogo, a equipe tem vencer três sets de 25 pontos cada, com um mínimo de 2 pontos de diferença. Caso haja empate (2 sets a 2), um set decisivo (5º) é jogado de 15 pontos com um mínimo de 2 pontos de diferença.

 

Formação das equipes na quadra:

         Cada equipe deve ter sempre seis jogadores na quadra de jogo. Os jogadores se colocam na quadra cada um em sua posição, após o início do set, os jogadores não poderão mudar de posição. Esta ordem deve ser mantida até o final do set.

No momento em que a bola é golpeada pelo sacador, cada equipe deve estar posicionada dentro da sua própria quadra, cada jogador em sua posição correta no momento (exceto o sacador) conforme a ordem de saque.

Posições dos jogadores na quadra:

         As posições dos jogadores estão assim numeradas:

                   – Os três jogadores colocados ao longo da rede formam a linha de ataque e ocupam as posições 4(ataque – esquerda), 3(ataque – centro) e 2(ataque – direita);

                   – Os outros três jogadores que formam a linha de defesa ocupam as posições 5(defesa – esquerda), 6(defesa – centro) e 1(defesa – direita).

 

         Cada jogador da linha de defesa deve estar posicionado mais afastado da rede que o jogador correspondente da linha de ataque;

 

         As posições dos jogadores são determinadas e controladas de acordo com a colocação de seus pés no solo.

 

         Cada jogador da linha de ataque deve ter, pelo menos, uma parte de seu pé mais perto da linha central que os pés do jogador correspondente da linha de defesa.

 

         Cada jogador lateral direito (ou esquerdo) deve ter, pelo menos, parte de seu pé mais próximo da linha lateral direita (ou esquerda) que os pés do jogador do centro da sua linha.

 

         Após o saque ser realizado, os jogadores podem se deslocar e ocupar qualquer posição dentro da sua própria quadra e na zona livre.

 

Falta de posição:

            Uma equipe comete falta de posição, se um dos jogadores não está em sua posição correta no momento em que a bola é golpeada pelo sacador.

 

         Caso o sacador cometa uma falta no saque no momento de golpear a bola, sua falta prevalece sobre uma falta de posição.

 

– Uma falta de posição acarreta as seguintes conseqüências:

         – a equipe é sancionada com a perda do rally;

         – as posições dos jogadores são corrigidas.

 

Rodízio:

         A ordem do rodízio é determinada pela formação inicial e ordem de saque, devendo ser mantida durante todo o set.

 

         Quando a equipe receptora ganha o direito de sacar, seus jogadores efetuam um rodízio, avançando uma posição, sempre no sentido dos ponteiros do relógio: o jogador da posição 2 vai para a posição 1 para sacar, o jogador da posição 1 vai para a posição 6 etc.

 

 

SITUAÇÕES DE JOGO:

 

BOLA EM JOGO:

         A bola está em jogo a partir do momento do toque de saque, autorizado pelo primeiro árbitro.

 

BOLA FORA DE JOGO:

         A bola está fora de jogo a partir do momento em que uma falta é apitada por um dos árbitros; na ausência de uma falta, no momento do apito.

 

BOLA "DENTRO":

         Considera-se a bola "dentro" quando toca o piso da quadra de jogo, inclusive nas suas linhas de delimitação.

BOLA "FORA":

Considera-se a bola "fora" quando:

– a parte da bola que toca o piso está totalmente fora das linhas de delimitação da quadra;

– toca um objeto fora da quadra, o teto ou uma pessoa fora do jogo;

– toca as antenas, cabos de fixação, postes ou a própria rede, fora das faixas laterais;

– ultrapassa o plano vertical da rede, total ou parcialmente, fora do espaço de cruzamento, exceto quando a bola que tenha cruzado o plano vertical da rede em direção à zona livre da quadra adversária, passando, total ou parcialmente, por fora do espaço de cruzamento, pode ser recuperada dentro dos toques regulamentares, desde que a quadra adversária não seja tocada pelo jogador. A bola, quando jogada de volta, cruze novamente o plano da rede, total ou parcialmente por fora do espaço de cruzamento. A equipe oponente não pode impedir esta ação.

– cruza completamente o espaço por baixo da rede.

TOQUES DA EQUIPE

            Cada equipe tem o direito de tocar a bola no máximo três vezes, além do toque do bloqueio, para devolver a bola. Se mais toques são utilizados, a equipe comete uma falta de "QUATRO TOQUES". Os toques de uma equipe incluem não somente os toques intencionais, mas também os contatos acidentais com a bola.

            O jogador não pode tocar na bola duas vezes consecutivamente. Exceto numa ação de bloqueio;

No momento do primeiro toque de uma equipe, a bola pode fazer contatos consecutivos com várias partes do corpo, desde que estes contatos ocorram durante a mesma ação.

Quando dois ou três jogadores da mesma equipe tocam a bola simultaneamente, considera-se como dois ou três toques (exceto quando bloqueando). Se eles tentam atingir a bola, mas somente um consegue tocá-la, considera-se um toque. A colisão entre os jogadores não constitui falta.

Quando dois jogadores adversários tocam simultaneamente a bola acima da rede e esta continua em jogo, a equipe que a recebe tem direito a outros três toques. Se a bola cair "fora" da quadra, a falta é da equipe do lado oposto onde ela caiu.

Se contatos simultâneos entre jogadores oponentes resultam em "PRENDER A BOLA", considera-se uma "FALTA DUPLA" e o rally é repetido.

Toque apoiado dentro da área de jogo: não é permitido a um jogador apoiar-se em outro jogador ou qualquer estrutura/objeto para alcançar a bola. Entretanto, o jogador que estiver para cometer uma falta (como tocar a rede ou ultrapassar a linha central etc.) pode ser auxiliado por outro companheiro de equipe para evitá-la.

CARACTERÍSTICAS DO TOQUE

         A bola pode ser tocada com qualquer parte do corpo.

         A bola deve ser tocada, não pode ser retida e/ou conduzida. Pode ser enviada para qualquer direção.

BOLA TOCANDO A REDE

         Quando cruzando a rede a bola pode tocá-la, inclusive no saque;

            Uma bola dirigida de encontro à rede pode ser recuperada dentro do limite dos 3 toques da equipe;

Se a bola rasga as malhas ou derruba a rede, o rally é anulado e repetido.

 

JOGADOR NA REDE

INVASÃO POR CIMA DA REDE

No bloqueio, o bloqueador pode tocar a bola acima da rede no espaço do oponente, contanto que ele/ela não interfira antes ou durante o toque de ataque do adversário.

É permitido ao jogador ultrapassar as mãos por cima da rede depois do seu toque de ataque, desde que o toque na bola tenha sido feito dentro do seu próprio espaço de jogo.

INVASÃO POR BAIXO DA REDE

         É permitido invadir o espaço do adversário por baixo da rede, contanto que não interfira em sua ação de jogar.

É permitido tocar a quadra adversária com o(s) pé(s) ou a(s) mão(s), desde que parte do(s) pé(s) ou da(s) mão(s) permaneça(m) em contato direto com a linha central.

É proibido o contato de qualquer outra parte do corpo com a quadra adversária.

Após tocar a bola, o jogador pode tocar os postes, cabos ou qualquer outro objeto fora do comprimento total da rede, contanto que esta ação não interfira no jogo.

Não há falta quando a bola é enviada contra a rede e esta toca em um adversário.

FALTAS DO JOGADOR NA REDE

Um jogador toca a bola ou o adversário no espaço de jogo da equipe contrária antes ou durante o golpe de ataque do adversário.

Um jogador invade o espaço do adversário por baixo da rede interferindo na ação de jogo do mesmo.

Um jogador invade a quadra adversária.

Um jogador toca a rede ou a antena durante sua ação de jogo.

 

SAQUE

O saque é a ação de colocar a bola em jogo pelo jogador de defesa direita posicionado na zona de saque.

Os jogadores devem seguir a ordem de saque.

Quando a equipe que sacou vence o rally, o jogador que efetuou o saque (ou seu substituto) saca novamente.

Quando a equipe que recebeu o saque vence o rally, ganha o direito de sacar e, antes de fazê-lo, efetua um rodízio. O jogador da posição de ataque direita ( 2 ) dirige-se para a posição de defesa direita ( 1 ) para executar o saque.

O primeiro árbitro autoriza a execução do saque após ter verificado que as duas equipes estão prontas para jogar e o sacador está de posse da bola.

EXECUÇÃO DO SAQUE
         A bola deve ser golpeada com uma das mãos ou qualquer outra parte do braço após ser solta ou lançada ao ar com a(s) mão(s).

         Somente um arremesso da bola é permitido. Bater a bola no solo ou movê-la entre as mãos é permitido.

         No momento em que golpeia a bola ou que salta para efetuar o saque, o sacador não pode tocar a quadra de jogo (inclusive a linha de fundo) nem pisar fora da zona de saque. Após golpear a bola, o sacador pode tocar o piso fora da zona de saque ou dentro da quadra de jogo.

         Após o primeiro árbitro apitar autorizando o saque, o sacador tem até oito (8) segundos para golpear a bola.

         O saque efetuado antes do apito do árbitro é cancelado e repetido.

BARREIRA

         Os jogadores da equipe sacadora não podem:

– através da formação de barreira, individual ou coletiva, impedir os adversários de verem o sacador ou a trajetória da bola.

– Um jogador ou grupo de jogadores, da equipe que saca, fazer uma barreira quando agitando os braços, saltando ou deslocando-se para os lados, quando o saque está sendo efetuado ou ficam agrupados para encobrir a passagem da bola.

ATAQUE

TOQUE DE ATAQUE

         Toda ação de enviar a bola para a quadra adversária, à exceção do saque e do bloqueio, é considerada um toque de ataque.

         É permitido um leve toque ( "largada" ) durante a execução do toque de ataque, se este toque for claro e a bola não for "carregada" ou "empurrada" pela mão.

         Um toque de ataque é completado quando a bola cruza completamente o plano vertical da rede ou é tocada por um adversário.

         Um atacante pode efetuar um golpe de ataque em qualquer altura, desde que, no momento em que tocar a bola, esteja dentro de seu espaço de jogo.

         Um jogador da defesa pode efetuar um ataque de qualquer altura atrás da zona de ataque: se no momento da impulsão, seu(s) pé(s) não tenha(m) tocado ou ultrapassado a linha de ataque. Depois que tocar a bola, ele pode cair dentro da zona de ataque.

         Um jogador de defesa pode efetuar também um ataque na zona de ataque se, no momento do contato com a bola, parte desta estiver situada abaixo do bordo superior da rede.

         Nenhum jogador pode efetuar um ataque ao saque do adversário, quando a bola estiver na zona de ataque e totalmente acima do bordo superior da rede

BLOQUEIO

Bloquear é a ação dos jogadores, posicionados perto da rede, de interceptar a bola vinda da quadra adversária, acima do bordo superior da rede. Somente os jogadores do ataque podem realizar um bloqueio.

Contatos consecutivos (rápidos e contínuos) podem ser realizados por um ou mais bloqueadores, desde que esses contatos ocorram durante uma mesma ação.

Bloqueio simples é executado por um só jogador.

Bloqueio duplo é executado por dois jogadores.

Bloqueio triplo é executado por três jogadores.

Contatos consecutivos (rápidos e contínuos) podem ser realizados por um ou mais bloqueadores, desde que esses contatos ocorram durante uma mesma ação.

O jogador no bloqueio pode colocar as mãos e braços ultrapassando a rede contanto que esta ação não interfira no jogo do adversário. Portanto, ele só pode tocar a bola depois que o adversário tiver concluído seu golpe de ataque.

O toque do bloqueio não é considerado um toque da equipe. Conseqüentemente, após o toque do bloqueio, a equipe tem direito aos três toques para retornar a bola.

O primeiro toque depois do bloqueio pode ser dado por qualquer jogador, inclusive por aquele que tocou a bola durante o bloqueio.

O bloqueio do saque adversário é proibido.

FALTAS NO BLOQUEIO

         O bloqueador toca a bola dentro do espaço do adversário antes ou simultaneamente ao toque de ataque do adversário.

         Um jogador de defesa bloqueia ou participa de um bloqueio efetivo.

         Um jogador bloqueia o saque do adversário.

O JOGADOR LÍBERO

            Cada equipe tem o direito, dentro da lista dos 12 jogadores relacionados, de designar um jogador especializado na defesa chamado de LIBERO.

         O Libero deve usar um uniforme de cor diferente, ou colete (jaleco). porém deverá ter a numeração como o restante da equipe.

AÇÕES PERMITIDAS ENVOLVENDO O LIBERO:

         O Libero está autorizado a trocar com qualquer jogador da defesa.

         Ele está restrito a jogar como um jogador de defesa e não está autorizado a completar um ataque de qualquer lugar ( incluindo quadra de jogo e área livre ) se no momento do contato a bola estiver totalmente acima do bordo superior da rede.

         Ele não pode sacar, bloquear ou participar de uma tentativa de bloqueio.

         Um jogador não poderá completar um toque de ataque, acima do bordo superior da rede, se esta bola lhe tenha sido passada, pelo Libero dentro da zona de ataque, através de um toque com os dedos. A bola poderá ser livremente atacada se o Libero houver feito a mesma ação atrás da zona de ataque.

         As trocas envolvendo o Libero não são contadas como uma substituição regular. Elas são ilimitadas, mas terão que ter um "rally" entre duas trocas com o Libero. O Libero somente pode ser trocado pelo jogador que com ele trocou.

No começo de cada set, o líbero somente poderá entrar em quadra depois que o 2º árbitro conferir a ordem de saque.

         O Libero e o jogador substituto, somente, podem entrar e deixar a quadra pela linha lateral compreendida entre as linhas de ataque e de fundo, em frente ao banco da sua equipe.

No caso de uma contusão com o Libero, o treinador, com a prévia aprovação do 1º árbitro, pode indicar, como novo Libero, um dos jogadores que não está dentro da quadra no momento desta redesignação. O Libero lesionado não poderá voltar para jogar o resto da partida. O jogador designado para trocar o Libero lesionado permanecerá como um Libero para o resto da partida.

CONDUTA EXIGIDA

CONDUTA ESPORTIVA

         Os participantes devem aceitar as decisões dos árbitros com espírito esportivo, sem questioná-las. Em caso de dúvida, um esclarecimento pode ser solicitado unicamente através do capitão na quadra de jogo.

JOGO LIMPO (FAIR-PLAY)

         Os participantes devem ter conduta respeitosa, cortês, espírito esportivo e FAIR-PLAY, não somente com os árbitros, mas também com os demais componentes da equipe de arbitragem, adversários, companheiros de equipe e espectadores.